Cirurgia plástica, transplante capilar, estética.

             A Ginecomastia consiste em um desenvolvimento anormal da glândula mamária, aumentando o tamanho desta em homens, podendo causar dores e desconforto.

            Em geral este tipo de problema começa a se desenvolver na puberdade e dependendo do grau de desconforto dos portadores pode se refletir em distúrbios comportamentais, nos quais começam a ter vergonha dos amigos, usar apenas camisas mais largas, tentando não deixar que a condição seja percebida pelos colegas, gerando uma situação de constrangimento que pode minar a auto estima e aceitação do corpo, principalmente entre jovens e adolescentes.

            Não se sabe ao certo o motivo dessa ocorrência, estudiosos acreditam que pode estar associada a alterações hormonais, de qualquer forma a única solução é e cirurgia.

A cirurgia consiste na retirada do excesso de glándulas mamárias através de incisão feita na região das aréolas e mamilo. Após a retirada, os tecidos são suturados, resultando em uma cicatriz na região da incisão.

Quando além do aumento das glándulas mamárias há um acúmulo de gordura na região, contribuindo para o aumento das mamas, a lipoaspiração é associada a esta cirurgia para um melhor resultado final.

Perguntas Frequentes

1- Como se dá o pós-operatória?

R: Nos primeiros 2 a 3 dias é necessário fazer uso de uma faixa compressiva. No início, o esforço com os braços deve ser evitado. Pode haver ou não a necessidade de colocar drenos, há alguns casos em que é recomendado.

2- Qual é a função dos drenos? Quanto tempo terei que ficar com eles?

R: Os drenos são necessários para drenar o acúmulo de sangue e seroma na região da intervenção, seroma é uma secreção líquida que se forma nos locais onde foram feitos descolamento de tecidos. O uso dos drenos acelera a recuperação. Normalmente são retirados entre 2 a 4 dias após o procedimento.

3- Qual é a expectativa com relação à dor?

R: O pós-operatório imediato é incômodo e pode ter alguns dias com dor mas que normalmente regride com o uso de analgésicos convencionais.

4- Quanto tempo para voltar as atividades normais?

R: Em geral com 1 semana pode recomeçar com caminhadas e exercícios leves com as pernas. Após este período já pode dirigir e voltar gradativamente as atividades normais, sob orientação de seu médico.

5- Qual é o tipo de anestesia?

R: Local com sedação ou geral?

6- Quanto tempo de internação?

R: em torno de 12 horas.

7- Tenho pontos a serem retirados?

R: Só os pontos que fixam o dreno.

Considerações Finais

            Uma boa avaliação e esclarecimentos entre médico e paciente são muito importantes para a realização de qualquer procedimento cirúrgico.

            Para submeter-se a correção de mamas você será orientado a fazer os exames pré operatórios, para avaliar as suas condições físicas, e a seguir a orientação de seu cirurgião quanto aos cuidados pré e pós-operatórios, que em muito contribuirão para um bom resultado.

            Qualquer processo cirúrgico tem seus riscos, em geral estes são: irritação da região operada; infecções são extremamente raras, porém possíveis apesar de todos os cuidados; sempre existirão cicatrizes em todos os locais onde foram feitas as incisões e alguma assimetria pode acontecer, o resultado final das cicatrizes, mesmo que as suturas sejam feitas dentro da melhor técnica possível, depende muito mais do processo cicatricial de cada indivíduo e do seguimento correto das recomendações pós-cirurgicas de seu médico.